Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Com segurança em pauta, Câmara de São Caetano aprova câmeras de monitoramento compartilhado na cidade

Publicado: Sexta, 25 de Novembro de 2022, 09h36 | Última atualização em Terça, 29 de Novembro de 2022, 09h45 | Acessos: 53

 

A Câmara de São Caetano realizou duas sessões extraordinárias nesta sexta-feira, 25 para a discussão e votação de onze projetos de autoria do Executivo municipal. Entre os projetos na pauta, os parlamentares debateram a proposta da prefeitura que institui o projeto Câmera de Monitoramento Compartilhado na cidade.

 

De acordo com a justificativa encaminhada com a propositura para a Casa, o projeto “é uma iniciativa que busca reunir câmeras de residências, empresas, condomínios e comércios do Município de São Caetano do Sul, voltadas para as vias públicas, para integrar o videomonitoramento do Centro de Gerenciamento de Emergências, visando aumentar a segurança e o bem-estar da população”.  

 

A vereadora Thai Spinello (Novo) pontuou a importância da existência de uma nova ferramenta para a segurança da cidade. “Toda ferramenta de segurança, que venha a somar com as que a gente já tem é benéfica para o município”, disse Thai.

 

Já o vereador César Oliva ressaltou que a cidade precisa avançar quando se fala em softwares de inteligência, citando tecnologias de reconhecimento facial, para os centros comerciais, e software forense como exemplos. “Se fosse para investir hoje, a gente teria que investir em software de segurança. Trazer tecnologia, a mais avançada possível”, disse o parlamentar.

 

O texto do projeto coloca que a as imagens e informações é restrita para os órgãos de segurança pública e que a adesão é voluntária sem prazo de término. A parceria pode ser rescindida por ambas as partes.

 

Esse projeto, assim como as demais proposituras na pauta da ordem do dia, foi aprovado nos dois turnos. A vereadora Bruna Biondi (PSol) apresentou uma emenda ao projeto que dispõe sobre a organização do Núcleo de Gestão Educacional das Unidades Escolares Municipais e a criação do Setor de Supervisão de Ensino do Município de São Caetano do Sul, que foi rejeitada.

 

 

25/11/2022

 

Voltar

registrado em:
Fim do conteúdo da página