Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Câmara de São Caetano tem projeto sobre parto domiciliar, da vereadora Bruna Biondi, em pauta

Publicado: Terça, 23 de Maio de 2023, 08h50 | Última atualização em Quarta, 24 de Maio de 2023, 08h55 | Acessos: 150

A Câmara de São Caetano teve em sua ordem do dia na sessão desta terça-feira, 23, o projeto de lei que estabelece diretrizes para o acompanhamento do parto domiciliar no âmbito da rede municipal de Saúde, de autoria da vereadora Bruna Biondi, do mandato coletivo Mulheres Por Mais Direitos (Psol).

 

“Esse projeto tem uma importância por trazer uma mudança de concepção em relação ao parto. A gente hoje tem uma visão muito ligada a um procedimento médico”, disse Bruna. Segundo a vereadora, o projeto foi construído com mulheres que são da área da Saúde.

 

O texto pontua que o acompanhamento do parto domiciliar é “o cuidado prestado à mulher que tenha escolhido o domicílio como local do parto e nascimento e que atendam os critérios clínico-obstétricos estabelecidos pelo Ministério da Saúde”. A matéria coloca diretrizes ao acompanhamento do parto domiciliar tanto durante o pré-natal, o trabalho de parto e o parto, o pós-parto e na puericultura.

 

Como o projeto teve parecer de inconstitucionalidade, a autora pediu vistas da matéria por três sessões.

 

 

Posse

 

Ainda nesta terça, o vereador suplente Roberto do Proerd (PSDB) tomou posse na Casa, após a licença do vereador Beto Vidoski (PSDB). Proerd assume uma cadeira no Poder Legislativo até o dia 2 de junho.

 

 

23/5/2023

 

 

Voltar

registrado em:
Fim do conteúdo da página